quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Amsterdam - Dicas iniciais


Peguei estas informações pela internet, imprimi e levei comigo

-> Como sair do aeroporto para o centro de Amsterdam.

Chegamos em Amsterdam por volta das 21 horas. Depois de umas 18 horas de voos e conexões, duas malas grandes, carrinho de bebê e uma criança bem cansada, a única opção que tínhamos em mente para chegarmos ao hotel era pegar um táxi, custasse o que fosse.

Porém o Shiphol Airport é ao meu ver, um aeroporto muito bem localizado e possui uma estação de trem, o que facilita (e muito ) o transporte até a estação central.

Pelo que andei lendo, a melhor maneira de chegar no seu hotel, depende do local aonde vc estará hospedado.

Se você estiver hospedado nos arredores da Museumplein ou da Leidseplein, a melhor opção seria o ônibus, (porém se vc estiver carregado de malas, acho um pouco inviável ou complicado). Não cheguei a andar de ônibus nenhuma vez, mas pelo que vi, não achei facilidades para entrar e sair. Se estiver na Rembrandtplein ou em Jordaan, é mais interessante ir de trem até a Estação Central e lá seguir de táxi ou de tram que nada mais é um bonde. Como citei acima, andei de tram e dependendo do horário que se pegue este meio de locomoção, prepare-se para esperar.  Geralmente pegávamos o tram 2 ou 5 e por algumas vezes, tínhamos que esperar 2 ou 3 passarem, pois eles estavam absurdamente cheios e era impossível entrar com carrinho de bebê. Imagina com mala grande e pesada????

Então vamos lá... se você optar pegar o trem dentro do aeroporto em direção a Estação Central, se atente aos horários. Eles circulam de 30 em 30 minutos durante o dia e de 1 em 1 hora a noite (24 horas por dias). A passagem está custando 4,10 euros e pode ser compradas em máquinas amarelinhas que estão espalhadas por todo o saguão. O problema das maquininhas ao meu ver (usei as máquinas de metro e tram que funcionam da mesma forma): são complicadas pois apresentam vários tipos de tickets , não aceitam notas (em algumas somente moedas ... e quem chega em Amsterdam com moedas????) e sua única opção então é o cartão de crédito que deixará você vulnerável a variação cambial (o terror dos tempos atuais) e ainda terá que pagar 6,38% de iof. Ainda assim sai mais barato que o táxi. (crianças menores de 4 anos não pagam).


O nome da estação para a qual você deve comprar o ticket e descer se chama – Amsterdam Centraal Station. 

Da estação central, vc pode pegar o tram. Para saber qual passa mais perto do seu hotel, vc pode consultar o site : http://9292.nl/en

Se sua opção for mesmo o ônibus, as informações que anotei foram as seguintes:

“O ônibus 197 da Connexxion leva do aeroporto Schiphol à Museumplein e à Leidseplein em cerca de meia hora, fazendo paradas pelo caminho. A passagem custa 3,10 euros e pode ser comprada direto no ônibus. O 197 funciona entre 5h da manhã e meia-noite”. 

Tem também os serviços de shuttle, mas não pesquisei sobre eles antes da viagem.

Como citei anteriormente, nossa opção foi  o táxi. Pegamos na saída do aeroporto, seguindo as placas de sinalização. O ponto de parada fica bem em frente a uma das placas de I AMSTERDAM que ficaram conhecidas internacionalmente. Pagamos 50 euros até nosso hotel que ficava na região pertinho da Estação Central. Escolhemos esta opção, pois iríamos fazer vários passeios por perto da Estação Central, por estar perto de várias atrações turísticas e por ter sido recomendado por vários blogs.


-> Onde se hospedar


Depois de tudo que procurei, cheguei a conclusão de que não existe somente um lugar específico para se hospedar em Amsterdam.  O que vc precisa ter em mente é que é preciso pesquisar cuidadosamente as opções de hotéis, pois boa parte deles, ficam em casas típicas Holandesas, ou seja, meio que históricas... sem elevador. Ou seja, mais uma vez vem a questão malas. Se eles estiverem pesadas e forem muitas, complica. Se vc estiver com criança e ela dormindo, vc terá que carregar a criança no colo e o carrinho para subir. Então, sugiro fazer uma busca bem criteriosa (se vc for criteriosa/o como eu).

Os locais mais procurados pelos turistas são os seguintes:

1) Perto da Estação Central

Foi a minha opção. O nosso perto da Estação de Trem ficava há uns 5 a 8 minutos a pé do hotel. Para mim perfeito. Em caminhadas de no máximo 10 minutos, estávamos em alguns dos principais pontos turísticos (como a Praça Dam). Porém tenha cuidado, pois li que a região que inclui a avenida Damrak não são muito bem encaradas. Provavelmente por estarem há um passo da red light district (que por sinal achei um lugar horroroso). 

O hotel escolhido por mim foi o Inntel Amsterdam Centre. Um hotel relativamente bem novo, com design mais moderno, perto da Estação Central e com um parada de tram bem em frente.

Área interna do hotel

Os quartos não eram tão amplos, mas já esperava. Os hotéis na Europa são bem diferentes dos hotéis dos Estados Unidos. Dificilmente vc encontrará hotéis muito amplos. Mesmo sem ser amplo, ficamos super bem confortavelmente instalados. Quarto limpo, bonito, aconchegante e perfeito para as noites frias/congelantes. Rs...









O hotel possui um bar pertinho do lobby super gostoso. Nas noites frias (pegamos muito frio por incrível que pareça...), vc pode sentar pertinho desta lareira e preparar um café nespresso gratuitamente.




O café da manhã é bem farto e gostoso (melhor sucrilhos com iogurte e calda de frutas vermelhas da viagem) (kkkkkkkkkk).



2) Joordam

É um bairro repleto de canais, casas barco, ruazinhas, cafés e restaurantes.  Um excelente opção.

3) Museumplein

É a região com grande concentração de Museus. Se hospedar ali deve ser bem interessante, mas vc vai precisar estar sempre utilizando o tram. O 2 e o 5 levam você até a região da Estação Central e passam em frente a Praça Dam.

Evite ficar na Zuid-Oost ou Noord e Schiphol pois são afastadas e tem poucas atrações.


Beijinhos


*Créditos:

-> http://guia.melhoresdestinos.com.br
-> http://www.ducsamsterdam.net
->Turista Profissional
-> Inntel Hotel Amsterdam Centre - http://www.inntelhotelsamsterdamcentre.nl



terça-feira, 15 de setembro de 2015

Férias Segundo Semestre

Como em todos os anos, costumamos tirar férias maiores no segundo semestre. Geralmente em Outubro/Novembro para comemorarmos nosso aniversário de casamento. Este ano, por conta de vários fatores, acabamos adiantando as férias e partimos rumo a novas descobertas no dia 22 de Agosto.

Depois de quase 4 anos sem pisar no velho continente... fomos em destino a Amsterdam. Foram 17 dias e MUITAS cidades conhecidas.

Estamos desde Fevereiro planejando esta viagem e posso dizer com alguma modéstia, de que nosso roteiro ficou muito bom. Tentamos nestes "poucos"dias, abranger tudo o que fosse possível. Confesso que não foi uma viagem muito voltada para a biscoitinha como foram as outras e particularmente acho que ela não curtiu tudo o que poderia ter curtido. Foram poucos parquinhos e programações voltadas para ela, mas acho que mesmo assim, valeu a experiência.

Nossa viagem passou pelos seguintes lugares:

-> Amsterdam ( com day trips para Zaanse Saans, Volendam, Marken, Roterdã, Delft e Haia)
-> Maastrish
-> Luxemburgo
-> Bruxelas (com day trips para Bruges, Gent, Antuérpia, Colonia e Dinand).
-> E de volta a Amsterdam pois nosso voo chegava e saía pelo Schiphol.

Como é possível ver... terei MUITA coisa para contar e do jeito que estou com tempo sobrando (#sqn), acho que ano que tem termino de contar tudo.


Então é isto.... aos pouquinhos vou dividindo minhas experiências com vcs.

Beijinhos !!!!



quinta-feira, 3 de setembro de 2015

"Quarando" roupa no microondas


Eu tenho um certo TOC com roupas brancas. Branco pra mim tem que ser aquele branco que compramos nas lojas... porém com o uso, elas vão ficando amareladas, encardidas....e isto me irrita profundamente. Para algumas roupas,o vanish resolve por um tempo, depois de algumas lavagens, para mim, não resolve mais. Pelo menos com as blusas de escola da biscoitinha, não resolve mais. O vanish tira as manchas de tintas, mas clarear mesmo.... não, não ficam brancas,brancas.

Já tem um tempo, que vejo no facebook uma postagem sobre uma menina que quarou os panos de prato no microondas e eles ficaram branquinhos e limpos. Como não acredito em quase nada destas coisas de facebook, fiquei super receosa de colocar fogo na casa e deixei esta "dica" de lado.

Até que ontem, resolvi seguir os conselhos da minha amiga Thania do blog Diário de uma mãe de dois e aderi a modinha de quarar no microondas.

Que medo de queimar tudo...sério... fiz aquilo praticamente com o extintor de incêndio do hall do prédio nas mãos... mas não é que deu SUPER certo?????

Reparem na blusa a esquerda... está meio acinzentada. E a da direita branquinha!! Não sei se a foto dá para ver com clareza a diferença.  Choquei com o novo uso do meu microondas!! Eu tenho pouquíssimas blusas brancas e agora vou ser feliz e colocar todas no microondas!!! Kkkkkkkkkk....


Algumas pessoas disseram que este tipo de coisa estraga o micro ondas. Eu não sei se estraga, mas não pretendo ser a louca que coloca todas as roupas no aparelho e nem pretendo fazer isto todos os dias com as blusas da biscoitinha. Mas vez ou outra para dar uma clareadinha... acho que vale a pena. (rs............)


OBS: Só tome cuidado com roupas que tenham algum metal, tipo zipper, botão, presilha, colchete, etc. Se tiver pode causar um incêndio no micro ondas e no resto da cozinha! Basta um pedacinho de metal para que ele fica incandescente e vire fogo mesmo.

Como preceder??

Quarar pra quê? Use o microondas! Janaina cansada da implicância da mãe com seus panos de prato, que dizia repetidamente que a filha deveria colocar todos para "quarar" para deixa-los branquinho resolveu inovar criando sua própria versão para "quarar" seu panos de prato.
A dica da Janaina: "Molha o pano de prato, passa sabão em barra, põe em um saquinho (desses dd supermercado mesmo) e deixa por um minuto e meio no microondas. Pronto! Mais branco que propaganda do Omo! Você vai ter orgulho dos meus panos, mãe!!!" Escreveu Janaína no seu facebook. Ela disse também que vai até patentear a invenção e falar para os fabricantes colocarem nos microondas, além das funções aquecer e descongelar, também a função "quarar"! Boa, né?

Acredito que a mesma dica pode dar certo também com meias, e outra roupas brancas.
Quem fizer, me conta!! .




UPDATE: Acabei de fazer um teste e a sacola de supermercado não derreteu! Fiz em um microondas da Brastemp em potência alta. O sabão usei um que eu já tinha aqui, venish em barra.


UPDATE 2: No segundo teste, usei aqueles sacos transparentes que ficam disponíveis na parte de frutas e legumes em supermercados. Deu super certo. 

.
Não tirei do microondas imediatamente, deixei por um tempo com o aparelho já desligado.
Flavia


Imagem: https://m.facebook.com/janaina.paivaono?fref=nf