quinta-feira, 27 de julho de 2017

Gramado / Canela parte 2

Como tínhamos tempo e limitamos as atividades durante os dias para que a pequena pudesse curtir os atrativos do hotel, tiramos um dia para conhecer o centro de Canela.

Como já estávamos sem o carro, optamos por pegar um ônibus na rodoviária de Gramado para Canela. Os ônibus passam de 15 em 15 minutos e custam R$ 3,45. A viagem é bem rápida e para em vários pontos turísticos da cidade.




Saltamos quase no ponto final que fica bem pertinho da Catedral de Pedra. Para quem não sabe, o verdadeiro nome da Catedral é Catedral Nossa Senhora de Lourdes, uma construção gótica que começou a ser construída em 1953.




A Catedral é linda, imponente e reflete a luz do sol. Seu interior é simples (perto das grandes catedrais que geralmente são cobertas de ouro), mas seus vitrais chamam a atenção pela beleza.

Bem enfrente a Catedral ficam duas lojas que valem a visita: Dauper Biscoiteria e Holic.

Uma tem biscoitos artesanais lindos!!!! Como era época de Páscoa, era cada biscoito lindo que tive vontade de comprar vários. A loja também possui biscoitos amanteigados que fazem lembrar os biscoitos da Casa do Alemão de Petrópolis. São deliciosos !!! Comprei um saco de 1 quilo por 14 reais. Achei os preços bem razoáveis.




A outra loja, Holic, é especializada em macarrons e não perdem em nada dos famosos Laduree de Paris. Muito gostosos !!!



Com 10 minutos de caminhada, você pode conhecer a Flâmmi Mundo das Velas. Nesta loja, as velas são confeccionadas na hora, a pedido do cliente. Ou seja.... a vela é feita exatamente como você quer. Nunca conheci uma loja assim e achei a ideia bem bacana.







Para quem está hospedado em Canela, uma dica legal é a Toca da Bruxa, pizzaria temática. Nós não fomos, mas li muitos comentários bons sobre o lugar. Se tiver que escolher uma, sugiro a Pizzaria Cara de Mau em Gramado, pq foi bem mais elogiada.


Como ainda tínhamos muito tempo livre em Canela, fomos andando em direção ao centro de informações turísticas para pegar um mapa da cidade e conhecer um pouquinho mais do local. Mas conforme fomos andando, a frustração por ZERO decoração de Páscoa, foi ficando maior. Era dia 4 de Abril, quase véspera do feriado... Não entendi até agora a falta de investimentos em datas que sempre foram tão tradicionais nas cidades de Gramado e Canela.

Acabamos não vendo muito dos pontos turísticos, almoçamos e resolvemos pegar o rumo de volta para Gramado.


Casa de Pedra

Como ainda era muito cedo, resolvemos saltar no Mundo a Vapor. Não tínhamos a pretensão de visitar o lugar, mas como o tempo estava a nosso favor... lá fomos nós.

O Mundo a Vapor como diz o nome, é um local onde podemos admirar réplicas perfeitas e em miniatura de oficinas, fábricas, usinas, olarias.... tudo em pleno funcionamento e a vapor.


O passeio começa com a própria fachada do loca, que retrata um trágico acidente ferroviário que ocorreu em 1895 na capital da França. Uma locomotiva em alta velocidade e desgovernada, cruzou a estação de Monte Parnaso. A locomotiva cruzou a parede, e ficou presa a uma altura de 12 metros, sem tocar o chão.






 A visita é incrível e totalmente guiada com explicações de como funcionava  a vapor.

video

video

No local vc ainda encontra uma loja de souvenir, fotos temáticas, degustação de vinhos e um passeio de locomotiva a vapor construída pelo dono do Mundo a vapor.

Vale demais o passeio.

De volta a Gramado, fomos para a Praça das Etnias comer um struddel na Casa do Colono e partimos rumo hotel para curtir um pouco mais da brinquedoteca.



O dia seguinte, seria o nosso último e ainda tínhamos planos de "conhecer" um pouco mais da cidade.


Créditos e infos:

http://www.mundoavapor.com.br/
http://www.mundodasvelas.com.br/home


Nenhum comentário: