sexta-feira, 28 de maio de 2010

Casar-se de Novo

Casar-se de Novo


Meus amigos separados não cansam de perguntar como consegui ficar casado 30 anos com a mesma mulher.

Os jovens é que fazem as perguntas certas, ou seja, querem conhecer osegredo para manter um casamento por tanto tempo. Ninguém ensina isso nas escolas, pelo contrário. Não sou um especialista do ramo, como todos sabem, mas dito isso, minharesposta é mais ou menos a que segue: Hoje em dia o divórcio é inevitável, não dá para escapar. Ninguémagüenta conviver com a mesma pessoa por uma eternidade.

Eu, na realidade já estou em meu terceiro casamento - a única diferença é que casei três vezes com a mesma mulher. Minha esposa, se não me engano está em seu quinto, porque ela pensou empegar as malas mais vezes que eu.

O segredo do casamento não é a harmonia eterna. Depois dos inevitáveis arranca-rabos, a solução é ponderar, se acalmar epartir de novo com a mesma mulher. O segredo no fundo é renovar o casamento e não procurar um casamento novo. Isso exige alguns cuidados e preocupações que são esquecidos nodia-a-dia do casal. De tempos em tempos, é preciso renovar a relação.

De tempos em tempos é preciso voltar a namorar, voltar a cortejar,seduzir e ser seduzido. Há quanto tempo vocês não saem para dançar?

Se fosse um casamento novo, você certamente passaria a freqüentar lugaresnovos e desconhecidos, mudaria de casa ou apartamento, trocaria seuguarda-roupa, os discos, o corte de cabelo, a maquiagem. Mas tudo isso pode ser feito sem que você se separe de seu cônjuge. Vamos ser honestos: ninguém agüenta a mesma mulher ou o mesmo marido por trinta anos com a mesma roupa, o mesmo batom, com os mesmos amigos, com as mesmas piadas.

Muitas vezes não é a sua esposa que está ficando chata e mofada, é você,são seus próprios móveis com a mesma desbotada decoração. Se você se divorciasse, certamente trocaria tudo, que é justamente umdos prazeres da separação .

Quem se separa se encanta com a nova vida, a nova casa, um novo bairro,um novo circuito de amigos. Não é preciso um divórcio litigioso para ter tudo isso. Basta mudar de lugares e interesses e não se deixar acomodar.

O mundo muda, e você também, seu marido, sua esposa, seu bairro e seus amigos.. A melhor estratégia para salvar um casamento não é manter uma "relação estável", mas saber mudar junto . Todo cônjuge precisa evoluir: estudar, aprimorar-se, interessar-se por coisas que jamais teria pensado em fazer no inicio do casamento.

Isso é necessário também no trabalho, porque não na própria família? É o que seus filhos fazem desde que vieram ao mundo.

Portanto descubra a nova mulher ou o novo homem que vive ao seu lado, emvez de sair por aí tentando descobrir um novo interessante par. Tenho certeza que seus filhos os respeitarão pela decisão de se manterem juntos e aprenderão a importante lição de como crescer e evoluir unidos apesar das desavenças. Brigas e arranca-rabos sempre ocorrerão: por isso de vez em quando é necessário casar-se de novo, mas tente fazê-lo sempre com o mesmo par.
 
Arnaldo Jabor.
 
 
* Créditos: http://juliana-marques-assessoria.blogspot.com/

4 comentários:

aninha disse...

Amei!
vou enviar isso para varias pessoas que conheço..
Amooo seu blog... :D
BJo

Casadinha Lú disse...

Maitê,

Li essa crônica, no blog da Ju e achei um máximo, mandei para algumas amigas inclusive, é muito bom ler por aqui de novo. é por essas e outras que simplesmente AMO Arnaldo Jabor, e seu BLOG também.

Bjus

мคяяყ ყคмคdค disse...

Ahhhhh mais que linnndo isso Maitê!! Lindo não rsrs que coisa mais verdadeira...
Esse Cara é um genio! Adoooro as coisas que escreve!
To copiando rsrsrs
Bjks e bom findi

Suzana Lira disse...

bom eu amo esse texto Jabour é Jabour, mais nunca mais tinha lido (apó me casar) e foi bom vioh