quarta-feira, 19 de março de 2014

Foz do Iguaçu - Parte 2



E nosso segundo dia em Foz do Iguaçu, foi voltado para um passeio mais light (sem subidas e descidas). Embarcamos rumo a um city tour e a tarde fomos a Itaipu Binacional.

Foz do Iguaçu não é uma cidade com grandes atrativos turísticos (em relação a quantidade). É válido fazer o City Tour ? Eu acho. Não demora muito, vc conhece um pouco da história da cidade e conhece alguns lugares diferentes do roteiro tradicional cachoeiras e itaipu binacional.

Nossa primeira parada foi no Marco das 3 fronteiras.


O marco das 3 fronteiras, nada mais é que um obelisco que demarca simbolicamente as fronteiras  do Brasil com a Argentina e com o Paraguai. Do mirante temos a vista para os outros dois obeliscos  situados a margem do Rio Iguaçu e do Rio Paraná. Os 3 marcos formam um triângulo equilátero. O nosso obelisco foi inaugurado em 1903.

Este é o marco da argentina ... marido fez o favor de tirar a foto e esquecer do zoom (rs....)

Marco do Paraguai

O meu cunhado tinha ido para Foz alguns meses antes e disse que o guia deles não quis leva-los no Marco pois o local estava abandonado e perigoso.  Eu particularmente não achei nada disto. Assim ... pode ser perigoso, mas quando chegamos tinham mais 3 carros de turismo. Além disso o local conta com uma lojinha de lembrancinhas e um barzinho. 

Do marco das 3 fronteiras, nos dirigimos para a Mesquita Árabe. No meio do caminho o guia foi nos contando a história da cidade, nos mostrando o local do primeiro hotel da cidade e onde Santos Dumont ficou hospedado, o primeiro hotel cassino que hoje é um Sesc,



 o primeiro aeroporto da cidade e mais alguns locais que confesso não me recordar.


Eu nunca pensei que um dia fosse entrar em uma Mesquita Árabe ... sempre achei esta cultura muito distante de mim. Assim que se chega, as mulheres são encaminhadas para a lateral da Mesquita para colocar o véu. Caso a mulher esteja com roupa curta (pernas de fora), é colocado uma roupa comprida para tapar as pernas. 


A Mesquita é linda !  Toda ornamentada com arabescos ! Dentro dela, fica um senhor muito simpático que pode explicar um pouco sobre a religião. Existem panfletos explicativos tb. Eu peguei alguns para ler com calma, mas ainda não tive tempo. 


A Mesquita  foi construída de acordo com a orientação do Mihrab, um símbolo que fica na parede posterior  da Mesquita e que indica a direção  da Cidade  Santa de Meca, para onde todo o Muçulmano volta a sua face no momento de oração. A leva o nome de um dos homens mais piedosos da cultura muçulmana : Omar Ibn Al-Khatab. 


Da Mesquita fomos para o Templo Budista.  O lugar é lindo, amplo, cheio de estátuas ... porém ninguém para explicar absolutamente nada. Ficamos cerca de 20 minutos no local, tiramos diversas fotos e fomos embora. Para uma pessoa leiga como eu em relação ao budismo, ver aquele mundo de estátuas não teve muita representatividade infelizmente.



Foi difícil demais tirar esta foto. Aqui eu já estava me acabando de rir. Biscoitinha olhava, olhava, fazia caras de "que porcaria é esta que mamãe está fazendo". Se eu fosse postar a sequência das fotos, vcs achariam mega engraçado. A última foto é ela olhando para mim com as mães na cintura.



 
E assim terminou o City Tour. 3 horas de passeios. 

Como existia a possibilidade da empresa do City Tour nos deixar no shopping, almoçamos por lá e fomos para o hotel descansar um pouquinho. 

Por volta das 15:30, lá fomos nós novamente esperar a van para conhecer Itaipu Binacional.

O que dizer ??? Bem ... trabalhei na Eletrobrás por 2 anos e conhecer a Binacional era um desejo. Gostaria de ter feito o tour completo (explico sobre ele daqui a pouco), mas infelizmente ele só é permitido para maiores de 14 anos e faltam uns 12 anos para a biscoitinha poder entrar (rs........).

Visitar a Usina é ter uma opção enorme de passeios disponível .

Vc tem a opção da visita panorâmica, feita em ônibus de 2 andares com um guia explicando o funcionamento de tudo e com duas paradas para fotos.

O circuito especial demora cerca de 2 horas e meia,  também é feito em ônibus, porém vc entra na Usina, conhece a sala de comando central onde os brasileiros e paraguaios comandam a usina e percorre a Estação galeria  onde estão  as turbinas em pleno funcionamento.

Foto: Google

Você também pode optar por escolher  o passeio pelo Refúgio Biológico, o Ecomuseu, conhecer o Polo Astronômico, fazer uma test drive no carro elétrico e/ou visitar o parque tecnológico.

Como citei acima, fizemos o passeio mais curto por conta da idade da biscoitinha e não nego que fiquei meio frustrada. 

O passeio começa com um filme sobre a hidrelétrica no centro de visitantes e que demora cerca de 15 minutinhos. De lá fomos encaminhados aos ônibus de dois andares. O passeio passa por um mirante chamado de vertedouro e para  no mirante central de onde vemos a barragem de quase 8 km de extensão e 170 metros de altura. Aí consta a primeira frustração... estamos enfrentando uma seca enorme no Sul e Sudeste do Brasil e por conta disto, não tinha nenhuma água descendo pelo vertedouro ... estava tudo seco. E aquela cena maravilhosa da força d`água descendo do topo da barragem não existia.



 Como eu gostaria de ter visto
Foto Google

  A visita segue no ônibus e somos levados para mais uma parada. Agora mais perto da barragem.

 


Durante todo o passeio, o guia vai nos explicando sobre a Usina, sobre o seu funcionamento e etc.

Desta segunda e última parada, fomos levados a passar ao lados dos ENORMES dutos e por cima da barragem. (frustração 2 ... na seca .... sem água caindo ... sem aquela visão de tirar o fôlego). 


Esta água jorrando é a água que resfria as turbinas


Como gostaria de ter visto. Não é bemmmm mais bonito??
Foto Google

 
Depois disto, fomos levados novamente ao Centro de visitantes.

Saí suspirando e prometendo voltar .... quando a biscoitinha tiver seus 14 anos ... voltaremos para a visita completa (para a felicidade geral da mamãe aqui) e se São Pedro permitir ... sem seca. (rs.........).


Preços:
Visita panorâmica -  24 reais
Circuito especial – 60 reais
Passeio iluminação especial barragem (a noite) – 14 reais
Refúgio Biológico – 20 reais
Ecomuseu – 10 reais
Polo Astronômico – 18 reais
Test Drive no carro elétrico -  99 reais
Visita ao parque tecnológico (com almoço) – 28 reais
Crianças até 6 anos não pagam. De 7 a 12 anos pagam meia.
Professores e maiores de 60 anos pagam meia.
É imprescindível mostrar os documentos.
Estacionamento para quem vai de carro – 10 reais 

Maiores informações : https://www.turismoitaipu.com.br/

 

2 comentários:

AGUEDA PRADA disse...

Eu fiz esse passeio completo da Itaipu e realmente vale a pena ;)
espera a biscoitinha e vão toda a familia, pq é mto dez, descer lá nas turbina compensa muito mesmo.

Esses outros lugares não conheci quando fui ;(

bjaoo

Marta disse...

Adorei a parte da biscoitinha olhando para vc!!!! Deve ter sido demais! Na próxima visita vcs vão conhecer tudo.. com criança temos algumas limitações, né?
Beijos