quarta-feira, 1 de julho de 2009

Quer casar e ...... ter cachorros ?

Bom Dia meninas !!!!

Primeiramente quero agradecer as palavras de carinho que recebi de tantas meninas que passaram por aqui. É maravilhoso saber que tem tantas pessoas me acompanhando e que sempre perdem alguns minutinhos dos seus dias para escreverem coisas tão bonitas para mim !!!! Super obrigada a todas !!!!

Hoje o post é sobre cachorros !!!!! Quem passa por aqui a mais tempo sabe que eu AMO cachorros !!! E que depois da minha mudança para Brasília eu não aguentei muito tempo sem um peludinho por perto, afinal, na casa da minha mommy tinham 7 pequenininhos (rs...............). Depois de 6 meses aqui "sozinha", virei para o marido e dei um ultimato : "Ou um filho ou um cachorro" !! (hahahahahahahahaha). A nossa idéia não é ter filhos agora, pois queremos curtir algumas coisas que não pudemos curtir na fase do namoro e do noivado e um bebê agora só impediria as nossas aventuras Brasil a fora. Dei o ultimato, pois sabia exatamente que a resposta seria : "Vamos buscar um cachorrinho na casa da sua mãe". Dito e feito !!!!!!!! Acabei trazendo a Pretinha, minha filhota meiga, extremamente carinhosa, obediente e gracinha demais !!!!!!! Confesso que cuidar dela diariamente é um enorme aprendizado, pois ela requer muitos cuidados e atenção e com isto acabei adquirindo responsabilidades de uma verdadeira mãe. O bom disto tudo é que agora tenho uma companhia diária e aprendo a não cuidar só de mim (rs................). :)

Para quem está em dúvida de ter ou não um animalzinho de estimação, aqui vai a dica : VALE MUITO A PENA !!!!!!!! E para incentivar ... uma reportagem super interessante que li outro dia no site casadinhos.com.

Espero que vocês gostem !!!!!

Beijinhos enormes !!!!!!!!!!!!!!!!






O casamento aconteceu. Tudo saiu conforme o planejado e vocês estão morando juntos.
Alguns casais simplesmente ainda não sentem o desejo e muitas vezes a maturidade suficiente para ter um bebê tão cedo, e decidem pela compra ou adoção de um companheiro fiel: o cachorro.

No livro "Marley & Eu" por exemplo, o narrador relata sua própria história contando que sua esposa Jenny, ainda não preparada para ter um filho decide por adquirir um labrador, que no final das contas torna-se um grande companheiro do casal e futuramente dos filhos que estariam por vir.

Mas, como escolher a raça ideal?
É importante analisar o tempo que terão disponível para o novo amigo bem como o espaço e gastos que serão necessários quando uma pessoa assume a responsabilidade de cuidar de um animal de estimação.

É preciso ter em mente que o cão precisará de carinho, atenção, exercícios regularmente (e, dependendo da raça até com muita frequência), dentre outras coisas.

Deve-se analisar o ambiente no qual o cão passará a maior parte do seu tempo, se ele poderá entrar dentro de casa, se terá companhia durante o dia todo, se vive bem com crianças (caso o casal já tenha filhos), se a raça escolhida solta pêlos em determinadas épocas do ano. Enfim, todos os fatores devem ser analisados para que o casal esteja ciente de que estará adquirindo um cão que irá se adaptar ao local que será sua casa pelo resto da vida.



Os cães de pequeno porte mais procurados hoje em dia são: Poodle, Lhasa Apso, Yorkshire, Schnauzer, Maltês e Bichon Frise. Os de médio e grande porte são: Labrador, Pastor Alemão, Border Collie, Cocker Spaniel e o Golden Retriever.
O Poodle é um cão de companhia, muito inteligente e a raça de maior demanda no país.
Essa raça representa 17% da população canina no País. Segundo Stanley Coren, autor do livro A Inteligência dos Cães, a raça ocupa o segundo lugar no ranking de obediência para o trabalho, perdendo somente para o Border Collie (cão de médio porte, utilizado no rebanho de ovelhas).

O Lhasa Apso é uma companhia agradável e indicado para apartamentos. É dotado de uma boa audição, o que lhe permite escutar barulhos leves. É higiênico e dificilmente suja o lugar onde come ou dorme.

Pelo fato de ser um Terrier, o Yorkshire é ativo e tem caráter independente, esperto e autoconfiante. Como todo bom caçador, dará o alarme ao menor ruído estranho à rotina da casa.

A raça Schnauzer tem duas variações de pelagem: dura e suave. É um cão inteligente e que não late com insistência.

Entre os cães de médio e grande porte começaremos citando o Labrador - campeão entre os cães de grande porte mais procurados. A pelagem é uma característica importante da raça: curta, espessa e sem ondulação. São cães inteligentes e obedientes.

O Pastor Alemão se tornou popular por ser polivalente, conseguindo executar tarefas diversificadas. Com forte apego aos donos, a raça pode ser treinada para diferentes situações como, por exemplo, auxiliar de polícia ou guia de cegos.

O Border Collie é um cão extremamente ativo, ideal para praticantes de esportes e pessoas que possuem espaços grandes e abertos. Uma raça que exige movimento constante e muita atenção por parte dos donos.

Já o Golden Retriever tem pelagem média e dourada. Trata-se de uma raça de temperamento meigo e agradável, apesar de seu tamanho intimidante.

Na categoria de cães de médio porte, o Cocker Spaniel é um dos que mais se destaca: combina bondade e astúcia. É alegre, robusto e esportivo. Esta raça exige do dono passeios diários e atividade para que não fique latindo a qualquer movimento.

Em todo caso, é sempre indicado que, ao invés de comprar um cão de raça a pessoa reflita sobre a possibilidade de adotar um cão sem raça definida (SRD), os quais se caracterizam pela inteligencia e amabilidade com seus donos.



Conheça aqui vários cães que precisam de um novo lar:
http://www.caosemdono.com.br/lartransitorio/

Retirado do site :
http://www.casadinhos.com.br/

14 comentários:

Fernanda, disse...

Maitê, penso igual à você... nada de criança agora... tbm gostaria de um cãozinho... mas, meu marido não gosta de cachorros e moramos em um apto tbm... que mal dá para a gente.. imagina para um dog? rs

Gostei da reportagem...

Beijos,
Fernanda.

Katia Bonfadini disse...

Maitê, como me identifiquei com você nesse post!!!! Se puder, dá uma olhadinha nesse meu post: http://criativesse.blogspot.com/2009/04/cachorro-e-tudo-de-bom-se-for-adotado.html

Eu também AMO cachorros e adoraria adotar um, mas preciso convencer meu marido! Minha mãe tem 6 vira-latas recolhidos das ruas, amo todos!!!! É uma grande alegria visitá-los no fim de semana...

Fica tranquila, mudanças são estressantes mesmo, mas daqui a pouco você estará adaptada e feliz em BSB! Minha irmã mora nos EUA há 9 anos e sofreu um bocado nos dois primeiros. Agora ela não quer sair de lá, prefere que a família vá morar perto dela!!!

Com relação às suas perguntas, imprimi o rótulo em papel normal mesmo, colado com dupla face, mas no papel glossy adesivo ficaria melhor. Os programas que eu uso pra ilustrar são Illustrator e In Design, mas também tenho que desenhar com calma porque ainda não tenho tanta prática.

Um beijão pra vc e boa sorte!!!! Vou acompanhar seu blog!

Tamiris Lutz disse...

Oi Maitê,
Passando por aqui acredito que pela primeira vez.. Ameiii a reportagem!
Eu particularmente, sou APAIXONADA por bichos! Hoje tenho 2 poodles e uma coelha. Pena que quando casar vou poder levar apenas a coelha já que os poodles são crianças e não podem ficar muito tempos sozinhos...
Mas se Deus quiser, um dia vou poder ter vááários bichinhos novamente. :)

beeijos flor

Denise e Eduardo disse...

Oi Maitê,
Amo cachorro, mas o meu orçamento ainda não permite e fico preocupada de onde deixar para viajar etc... mas quero muito ter um.
Beijos!!!

ღ Dina ღ disse...

Que fofossss, eu tenho uma lhasa e moro num ap de 55 mt2... ela é uma fofa, companheira e idependente, n liga de ficar sozinha, n faz escandalos... só qndo fica mt brava, o que é raro, ai ela inventa de fazer caquinha fora do jornal... no mais ela e bem disciplinada. Bjs

Katia Bonfadini disse...

Maitê, obrigada por divulgar a campanha e colocar o selindo, adorei!!!! Se você quiser, te passo o arquivo em jpg pra você estampar uma camiseta!!!! Beijão!

disse...

Eu amo cachorros! Não sei o que farei, mas inicialmente não pretendo ter um pelo simples fato de morrer de pena em deixá-lo sozinho o dia inteiro...beijocas

Elaine disse...

Oiiii!!!
olha eu aqui de novo... rsrs
Preciso dizer q amei seu post (pra variar)???? rsrrs
Obrigada por divulgar a Cão sem dono!
bjocas,
Elaine

Elly Fonseca disse...

Eu também estou precisando cuidar de um animalzinho antes do baby, heheheh. Mas eu sou dos gatos.... :D
Bjssss, lindo post!!

♥ Karlinha ♥ disse...

Oie!!!
Olha eu aqui outavêzxxxx! rsss

Sem dúvida nenhuma aconselho um bichinho em casa...
É tão gostoso quando chegamos e sentimos um carinho todo especial pra gente...
Os bichinhos de estimação são maravilhosos.

Eu estou com uma gatinha linda e dengosa na minha casinha há 2 semana. Presentinho de aniversário do maridão, né Tetê? rssss
Adoro os cachorrinhos mas sou apaixonada pelos gatinhos.
Como eu e o marido trabalhamos o dia inteiro achamos que os gatinhos são mais independentes além de gostarmos mais deles.

Vivia disse...

Aaaah, eu faço parte desse clube: amo cachorros!! O resultado disso você já conhece: Dolly, Júlio Cesar e Lara. Todos da mesma raça, mas todos com sua personalidade, suas caracteristicas... Meus amores!

Recomendo demais também, mas para quem quer cuidar, quem tiver paciencia... Eles irão nos acompanhar durante uns 12 anos, então que fique ciente da responsabilidade. Eles nos fazem um bem enorme, mas precisamos fazer o mesmo por eles!!!

Beijos, Maitê!

Será que sara disse...

Oinnnn eu quero um cachorrinho, mais o maridão não quer
buabauabauabuabauabaua
há eu querooooooo

beijos

Carol disse...

Olá Maite!!! AMei esse post!!!

Então... eu e Alan como moramos juntos, assim que ele veio morar comigo minha cadelinha faleceu (de velhinha), falei que só queria cachorro depois de 2 anos.. primeiro curtir a vida de casado.. mas nao aguentamos.. o Alan me deu depois de 8 meses só nós 2... e estamos apaixonados por nosso filho!
Sinceramente, acho super importante um casal ter cachorro antes de filhos pq eu to aprendendo muito a educar e ter mais responsabilidades junto com meu noivo... acho que é um excelente treinamento pra ter filhos...

Beijinhos!

ursula saunders disse...

OI Maitê achei o seu blog e me identifiquei com a sua história...também vim parar em Brasília e entendo perfeitamente tudo que vc está passando. Estranho bastante pois também sou do rio :)
E estou na correria para arrumar um emprego...afinal maridão vem com emprego e a gente rala né:)
Legal ter alguém para dividir as experiências da cidade nova. Vamos trocando dicas...assim fica mais fácil ir se adaptando o que acha?
Um abraço
Ursula