sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Lua de Mel - Buenos Aires - Parte 2

Continuação ...

-> 3º Dia

Mais uma vez acordamos cedo ... quem pensa que vai descansar em um viagem de lua de mel ..... pode esquecer .... principalmente se for viajar para um local em que nunca esteve ... (rs.................)Tomamos mais um vez aquele mega café da manhã e nos dirigimos aos nossos passeios particulares. Pegamos um táxi e pedimos para que nos levasse ao Congresso.Como vocês podem imaginar, toda Buenos Aires tem aquele ar de antiguidade... e a minha visão do Congresso não foi muito diferente ... Era um prédio enorme, com uma arquitetura linda, porém o que chamava mesmo a atenção era o jardim localizado na frente dele !! Nossa .... que coisa mais linda !!!!!!!!! Lembrava muito os jardins europeus ( não é a toa que a colonização é européia ).





Passeamos por toda a Praça, tiramos foto em uma réplica de “O Pensador” de Rodin e resolvemos tomar um chocolate com uma medialuna em uma tradicional Confeitaria de Buenos Aires a “Confeitaria Tortone” que lembra muito os traços da Confeitaria Colombo no Centro do Rio de Janeiro ( local onde por acaso foi a minha festa de casamento ).Para quem não sabe, medialuna é um pãozinho doce que nada mais é que um croissants. Comida típica de Buenos Aires. Quem puder ir lá, não deve deixar de comer estes “pratos” típicos : Medialunas, empanadas (pastéis de massa leve que podem ser recheados com carne, frango, presunto e queijo, etc), chorizo ( Salsicha ),Parillada, Matambre (uma espécie de rocambole de carne recheado com pimentas, ovos e vegetais que pode ser servido frio ou quente) e etc.



Mas .... voltando a viagem em si .... até encontrarmos a confeitaria, andamos por volta de 40 minutos. No mapa que nós tínhamos mostrava a Tortone, perto do Senado .... porém .... na verdade ..... tivemos que andar uns 5 quarteirões, atravessarmos a Avenida 9 de Julio ( que é enorme ) e caminhamos por mais uns 3 quarteirões.... Probleminhas de localização resolvidos .... entramos na Confeitaria e pedimos um chocolate muito popular chamado de submarino ( lemos isto em uma revista antes da viagem ) e uma medialuna . Gente ... nunca me senti tão mal tratada !!!! Depois de uns 10 minutos esperando, o garçom veio e praticamente jogou em cima da mesa os chocolates e a medialuna e não satisfeito com o péssimo serviço, terminou jogando a notinha .... sim .... jogando mesmo, pois eu fiquei catando o papel no ar. Aí pensei : “ E se eu quisesse comer mais alguma coisa ????” Provavelmente viria a comida com outra notinha voando. Reparei que esta era uma atitude normal para os garçons, pois fizeram isto com todas as mesas a nossa volta. Para quem quiser ir .... vale a pena pelo local e pela tradição, mas não pelo serviço.

Avenida 9 de Julio



Saímos de lá e resolvemos que iríamos pegar um metrô ( para a alegria dos meus pés ). Em relação a transporte público, não há o que reclamar. Buenos Aires tem linhas de metrô que interligam praticamente toda a cidade.O metrô também tem aquela aparência de coisa bem antiga ...acho que uma modernizada, principalmente nas composições, não faria mal a ninguém, porém, cada estação tem em suas paredes, grandes painéis retratando cenas da história da Argentina ... são painéis lindos e são eles que dão um toque especial nas estações velhinhas (rs..............................). Neste dia, tivemos que voltar mais cedo para o hotel ... precisávamos descansar um pouco e nos arrumar para o show de tango.




No dia que chegamos a BA, uma guia da empresa que tínhamos contratado, estava na recepção nos esperando ... foi ela quem nos passou mapas, dicas, voucher de descontos em lojas out-lets ( não vi nada barato nestas lojas ... muito melhor o duty free) e nos ofereceu vários passeios que poderíamos pagar por fora. Foi neste dia que fechamos o show de tango !!!! Existe uma lista enorme de lugares que oferecem um serviço completo para que você possa assistir ao show e cada um tem um preço diferente. Os mais tradicionais são : Senor Tango e Esquina Carlos Cardel. O Senor Tango apresenta um show mais ao estilo show hollywoodiano com grande número de artistas e cavalos no palco... uma versão Broadway-esca de uma show de Tango e que descaracteriza completamente um verdadeiro “tango de raiz”. (rs...............). O preço do show no Senor Tango custava na época 90 dólares por pessoa com serviço completo ( translado de ida e volta e jantar completo com bebidas ).Nós preferimos ir ao Esquina Carlos Gardel, (Carlos Gardel foi o inventor do tango-canção. Falecido em 1935 aos 45 anos de um acidente aéreo, ele foi o grande divulgador do tango no exterior), o meu lindinho queria ver algo menos irreal e mais cultural (rs...............), porém para quem quiser assistir ao show de tango no Carlos Gardel ... prepare o bolso ... pagamos 120 dólares por pessoa ( o pacote completo). Na hora achei caro ( pense bem ... na época o dólar custava cerca de R$ 1,50) , mas confesso que foi um dinheiro super bem pago !!!!O jantar foi fantástico !!!!!! Assim que chegamos, recebemos um cardápio para escolhermos o que gostaríamos de comer. Eram 3 opções de entrada, 3 opções de prato principal e 3 opções de sobremesa . Sem falar que pudemos desfrutar de um delicioso vinho argentino.Minhas escolhas foram :

*Entrada ( prato quente )-> Mano a Mano : Empanadas criollas de carne cortada a cuchillo.
*Prato Princiapal-> Bife de Chorizo,raza Angus, com papas rissole y tíbios tomatitos cherry.
*Postre ( Sobremesa )-> Mousse de chocolate com encaje de caramelo.

O show foi fantástico !!!!!! A comida muito boa !!!!!

Nossa ... como cantam e dançam bem aquelas pessoas !!! A-D-O-R-E-I.




-> 4º Dia

Nosso 4º e último dia em Buenos Aires foi um dos melhores !!!! Fiz o passeio que mais queria fazer !!!!!Às 9 hs da manhã a van estava parada na porta do hotel e fomos direto para a estação de trem. Pegamos o trem até San Isidro !!! Um lugar muito gracinha e ponto turístico de BA. Conhecemos a sua Cadetral e passeamos por um shopping que fica na estação do trem. Após isto, pegamos novamente a composição e nos dirigimos para o passeio do Delta do Tigre !!!!! Gente ... que sensacional este passeio !!!!!!!! O barco foi percorrendo o Rio e o guia foi nos mostrando as casas de veraneio dos argentinos ! Na “borda” do rio, eles “constroem” praias artificiais e montam toda uma estrutura para o verão ! Para vocês terem uma idéia, o lixo é recolhido por um barquinho que vai de “porta em porta”. Todo o transporte também é feito por barquinhos e no meio do rio tem até um posto de gasolina só para barcos !!!! (rs.................). Para quem puder ir, vale muito, mais muito a pena. O passeio custou 30 dólares por pessoa ( barco e trem ) e durou das 9 hs às 14:30 hs.



Transporte
Posto de Gasolina




Na volta do passeio fomos finalmente para a “Calle Florida” começar a procurar as lembranças ... Para quem quiser comprar casacos de couro é uma excelente opção. Eu particularmente acho ridículo usar casado de couro no Rio de Janeiro. Gasta-se uma fortuna em um casaco para se usar uma vez ao ano que é quando faz frio na cidade “Rio 40 Graus”. Não tenho nada contra quem compra, mas eu não comprei. Um casaco muito bom custava em torno de 90 a 120 dólares. Para quem quiser comprar Alfajor o mais tradicional é o Havanna, que tem loja em cada esquina de BA e uma caixa com 6 alfajores pequenos, custava em torno de 22 reais. Nós compramos uns 35 alfajores para o Bruno levar de presente para o pessoal do trabalho e para darmos para a família, mas preferimos comprar um alfajor de nome “Fantoche” que era um alfajor de camada tripla!!!!!!!!! MARAVILHOSO !!!! ( e mais em conta ). Eu queria muito comprar um imã de geladeira para colocar aqui em casa, mas o mais sem gracinha custava 17 pesos argentinos! Uma camisa da argentina, a mais simples, custava no local mais barato, 20 pesos argentinos e na época ao se converter para real dava em torno de 34 reais. Como nós ainda iríamos voar com destino ao Chile, não gastamos muito em lembranças.

Uma observação muito importante : Não troquem dinheiro na Florida !!! As casas de câmbio custumam dar notas falsas ( lemos isto em uma revista ). Procurem um banco de preferência. O Banco do Brasil só troca se você for correntista e com valores superiores a 500 dólares, outra opção é o Banco Itaú, lá você pode trocar sem ser correntista e qualquer valor. Na hora de trocar o dinheiro, não se esqueça de levar o cartão do quarto do hotel senão eles não trocam. Você precisa comprovar que está hospedado em algum local.

Depois de caminharmos pela Florida quase que inteira, voltamos ao Hotel para nos arrumar, rumo ao Cassino !!!!O cassino é tudo de bom !!! É lindo por dentro e por fora !!! O legal do Cassino é que ele fica dentro de um barco flutuante em Porto Madero. Nós percorremos os 3 andares do barco, vimos todos aqueles jogos de mesas, roletas e por aí vai ... mas como não entendemos nada deste jogos, nos arriscamos apenas nas máquinas (rs............).Vale ressaltar que em um dos barcos só é permitida a entrada de máquinas fotográficas dentro da bolsa e que no segundo barco, nem dentro da bolsa pode-se carregar a máquina. Você vai precisar deixá-la em um local reservado.Após a aventura no cassino, jantamos e voltamos para o hotel .... hora de arrumar as malas e acordar cedo rumo ao Chile !!!!!!!!!!!!! ( a melhor parte da viagem !!!!! )


Continuação ( Chile ) amanhã .... (rs..............)


Beijinhos

2 comentários:

Malu Vieira disse...

Nossa!!!!
Que luxo sua lua de mel!! rs
Nem sei pra onde vamos ainda! rss
Já coloquei as fotinhos do ap lá!
bjus

Silvia disse...

Oi Maitê. Tudo bem?
Sobre a troca de moedas, um dos melhores câmbios, se não o melhor, é o do Banco La Nacion. Há uma agência no aeroporto e outra ao lado da Casa Rosada.
Eu já fui a Argentina há alguns anos atrás e odiei. Só para você ter uma idéia, fui assaltada duas vezes :(
Porém, casei e agora marido quer conhecer Buenos Aires, portanto, vamos a BA e ao Chile em Junho.
Beijos :)