terça-feira, 3 de julho de 2012

"No que vc está pensando? " ...

Boa noite meninas !!!!!

Então ... o assunto é meio "polêmico" e o que me motivou a escrevê-lo foi um "post" que coloquei no facebook ontem... Mas deixa eu explicar a história do começo.

Para quem não sabe, dia 1 de Julho (com muita alegria no coração) entreguei o tão polêmico cargo de síndica do meu prédio. Depois de um ano de muito trabalho, reformas, dedicação, problemas, dores de cabeça, acusações de desvio de verba e por aí vai ... estou livre. E para "comemorar", escrevi o seguinte no meu facebook :

"Bom dia para vc que acordou numa felicidade só!! Liberdade, liberdade!!! Agora, férias por tempo indeterminado. Hehehe..."

Pra que ... em um minuto comecei a receber uma enxurrada de comentários, torpedos, recadinhos via whatsapp e até um e-mail. 90% de todos os recados faziam referência ao "fim da minha vida" após o nascimento da Giulinha e sinceramente não entendi. Talvez eu pense de forma errada ou como um dos recados "falou", estou vivendo nos sonhos e preciso acordar.

Ok, criança recém nascida dá trabalho ? Sim (pelo menos dizem que dá). Criança recém nascida acaba com as nossas noites de sono ? Sim (nem todas, mas preciso não pensar em ser a excessão). Criança (de toda e qualquer idade) acaba com certos programas dos pais ? Sim. Mas é só por isto que a minha vida vai acabar? Não terei férias, não programarei viagens, não sairei mais de Brasília ... vou me anular como pessoa e como mulher ??? NÃO.

Eu compreendo, acredito e sei que os primeiros meses não serão fáceis, principalmente por morar em outro estado, longe da minha mãe e da minha avó. E quando falo isto não quer dizer que estou rejeitando a ajuda das pessoas que estão a minha volta aqui em BSB. Pelo contrário, sou muito grata por todo carinho e dedicação de algumas pessoas. Mas infelizmente quando se passa por certas situações, só mãe e avó entendem, podem ajudar, ou são as pessoas que simplesmente você quer por perto. E elas é claro ficarão um tempo aqui comigo, mas não o tempo todo. Ou seja, terei que me virar (eu e o marido, é claro). Porém, depois que entrarmos no clima "somos pais" e pegarmos a "manha" do negócio, não vejo pq não pensarmos em férias e viagens. Claro que as viagens não poderão mais ser como as que faço. Não que eu viaje no estilo mochilão. Pelo contrário, sou exigente nas minhas escolhas de hotel, faço questão de ter café da manhã, não pego vôos com escala e etc. Mas mesmo assim, com crianças pequenas alguns cuidados e recomendações devem ser seguidas.

Para vocês terem uma idéia da minha animação, já tenho um caderninho com várias dicas, roteiros, advertências ... (hahahahahahahahaha). Desde que descobri a gravidez, passei a seguir alguns blogs super interessantes sobre viagens com filhos e então me animei de vez !!! rs...

Se você é como eu, que adora uma viagem não importando se é nacional ou internacional e quer dicas e sugestões de passeios ... Três blogs que acompanhado e A-D-O-R-O.

-> http://euviajocommeusfilhos.blogspot.com.br/
-> http://viajandocompimpolhos.wordpress.com/
-> http://1001roteirinhos.com.br/


É isto ...

Beijinhos enormes !!!!



5 comentários:

smallcupoftea disse...

Maitezinha!!

Quanto tempo que nao passava por aqui!!
Uma vez eu frequentei psicologo e somente 1 coisa serviu e guardei para sempre, ela me disse: Filhos quando nascem não é vc que vai se adaptar a eles, mas eles que se adaptam a voces.
E super concordo!!
E te digo, tenho varias clientes que viajam com seus filhos quando eles tem 5 meses de vida.. vao pra Argentina e tudo...
viaje sim! Filho nao é castigo.

Beijão!!!

Thania disse...

Nossa Tete jura q o povo achou q o q vc escreveu foi por isso??? Afãããõ!
Eu não vi esse seu post, mas eu como mãe, JAMAIS pensaria isso, jamais pensaria q vc se referia à Giugiu!
Povo louco!
Sua vida apenas começará com a chegada da pequena....e vc sabe disso!
Toda vez q conversamos te vejo mega preparada pra assumir esse cargo q é ser mãe, mesmo com medo ( o q é PERFEITAMENTE NATURAL) vc já é uma maezona linda e dedicada....
O povo no facebook é muito ferro e fogo pelo amor de Deus viu!
Por isso eu penso, repenso, leio e releio antes de postar alguma coisa...kkkkkk.....pq todo mundo acha q é indireta, q é isso e aquilo...afffffffffffff q saco isso! rsrsrsrsr

Beijoooooooooooooooooooooos

Vanessa disse...

Maitê, não ligue para esses comentários! Crianças dão trabalho? Dão! Bebês principalmente! Mas são a melhor e maior coisa de nossas vidas! Nada se compara a satisfação de ser Mãe! Prepare-se para grandes emoções!!!
Ah, e a vida não acaba não! Só começa! É possível viajar, tirar férias, ir a restaurantes... só é preciso planejamento!

E viva a Giulia!

Danee disse...

Bando de gente chata. No meu mochilão pela Bolívia eu vi um casal fazendo mochilão e ela carregava o filhinho deles que devia ter quase três anos em uma mochila cadeirinha. Achei aquilo tão bacana. Meu pais acampavam com a gente ainda bb. Com jeitinho e adaptações tudo pode.
beijocas

Marta disse...

Tb acompanho o Viajando com Pimpolhos.. as pessoas se metem demais, né Tetê?
As coisas mudam muito mesmo... noites sem dormir, correria de dia.. no meu caso dores nos seios no primeiro mês.. é muita dedicação, mas nós é que fazemos essa escolha..
Depois de um tempo as coisas melhoram.. a vida do casal muda um pouco.. nos primeiros meses o foco é o baby e sempre que ele dorme, mamãe dorme tb para poder ter pique no dia seguinte...rsss
Tenho sorte de ter min ha mãe sempre por perto.. meu marido tb ajuda.. sei que o seu será um paizão e sua mãe a vó estarão perto sempre que possível!!!
Beijos