segunda-feira, 8 de março de 2010

Mulheres




Mulheres

(Pablo Neruda)

Elas sorriem quando querem gritar.

Elas cantam quando querem chorar.

Elas choram quando estão felizes.

E riem quando estão nervosas.

Elas brigam por aquilo que acreditam.

Elas levantam-se para injustiça.

Elas não levam "não" como resposta quando

acreditam que existe melhor solução.

Elas andam sem novos sapatos para

suas crianças poder tê-los.

Elas vão ao medico com uma amiga assustada.

Elas amam incondicionalmente.

Elas choram quando suas crianças adoecem

e se alegram quando suas crianças ganham prêmios.

Elas ficam contentes quando ouvem sobre

um aniversario ou um novo casamento.


Esta é a minha humilde homenagem a todas as mulheres deste mundo.

Beijinhos

OBS : Denise, muito obrigada pela homenagem e pelo carinho ! AMEI !!!!




8 comentários:

Fernanda, disse...

Olá Maitê, adorei a poesia do Pablo Neruda. :)
Parabéns, para você tbm... tem um selinho no meu blog.. passe lá.

Beijos,

Fernanda, disse...

Olá Maitê, adorei a poesia do Pablo Neruda. :)
Parabéns, para você tbm... tem um selinho no meu blog.. passe lá.

Beijos,

Ju disse...

Parabéns pelo nosso dia!

Yoyo Pizy disse...

Neruda sabia das coisas!
Que tenhamos(todas nós) um dia feliz!
Bjos

Marta disse...

Tetê.. parabéns para todas nós!
Beijocas

aninha disse...

Olá!
Parabéns a vc tbm!!!!
bjO

AnselmaDuarte disse...

Oi gostei muito do seu blog,tbm adoro tudo, que seja ligada a arte,principalmente decoração em interior. Amei a poesia de Neruda cada palavra eu me via nela,como é bom ser mulher!mãe e esposa ,apesar de ser divórciada. Amo a vida. Parabéns. Beijos.

AnselmaDuarte disse...

Oi! Que blog lindo,adorei a decoracão, o gatinho,gosto muito de decoração interior, flores, arte,artesanato. Amei a poesia, realmente Pablo Neruda, escreveu muito bem, é isso mesmo! Adoro ser mulher, mãe e esposa,apesar de ser divóciada. Parabéns