terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Teresina

Bom dia meninas !!!!


Como comentei ontem ... eu e o marido passamos o final de semana em Teresina.


Não ...não fomos a turismo (até por que a Teresina não é uma cidade voltada para o turismo). Fomos pois nós seríamos padrinhos de casamento do meu ex-chefinho.


Saímos de Brasília na Sexta pela manhã e voltamos no Domingo a tarde. E é claro ... que apesar de não termos ido a turismo, tentamos ao máximo conhecer um pouco desta cidade.


Eu confesso que quando pensava em Teresina, eu pensava em um local extremamente pobre, com casinhas pobres, culturalmente pobre e nenhum tipo de divertimento. Bem ... apesar de não ter os recursos que um Rio de Janeiro tem ... Teresina é uma cidade bem evoluída e possui vários prédios luxuosos. (rs...........)




Antes de contar sobre o meu passeio, vou falar rapidamente sobre Teresina.


"A terceira cidade em incidência de raios no mundo, a primeira Capital planejada do Brasil , a única do Nordeste fora do litoral, a mais quente do País e a única situada na fronteira entre dois Estados.
Por ser a única Capital Nordestina fora do litoral, Teresina tem investido no turismo de negócios e eventos como forma de atrair visitantes. Anteriormente usada apenas como porta de entrada e ponto de apoio para turistas que se dirigiam a pontos turísticos mais conhecidos do Estado – como o Delta do Parnaíba, os Parques Nacionais de Sete Cidades e da Serra da Capivara e cidades históricas como Oeiras e Amarante –, o crescimento da cidade fez com que a mesma passasse a sediar eventos de porte regional e nacional."


A primeira coisa que me chamou a atenção nesta cidade foi o aeroporto. Nunca tinha visto um aeroporto tão pequenininho !!! Tivemos que saltar na pista e fomos buscar as malas na única esteira do aeroporto !!!! hehehehehehehehehehehehehe ...




Assim que chegamos na cidade, deixamos as malas no hotel e nos dirigimos para os shoppings (rs....). O primeiro a ser visitado foi o Shopping Riverside. Me disseram que este é o shopping mais antigo da cidade (construído em 1997). Ele tem o formato de um trevo de 4 folhas e é fácil fácil se perder alí dentro, afinal, são vários corredores (rs.....). Neste shopping é possível encontrar centenas de lojas, praça de alimentação climatizada, boliche, games e jogos, amplo estacionamento gratuito e grande espaço de circulação.

Claro que eu não posso comparar com os grandes shoppings que conheço (sem querer menosprezar a cidade de ninguém), mas para quem esperava encontrar só um pedaço do semi árido do Brasil ...








Após sairmos do Shopping Riverside, fomos caminhando até o Shopping Teresina. (um shopping é praticamente ao lado do outro).
O caminho entre um Shopping e o outro, passamos pelo "Parque" Beira Rio. O fato de eu colocar aspas entre a palavra parque é pelo simples fato de que aquilo não pode ser considerado parque. Imagine um calçadão de praia não calçado (de terra) e cheio de árvores ... Isto é era o parque. (rs......). O nome Beira Rio vem do simples fato de estar ao lado do Rio Poty.




Quase ao lado do Shopping Riverside, fica o Teresina Shopping. Apenas um andar, 6 salas de cinema, uma praça de alimentação muito variada, um supermercado e umas 100 lojas.
Mais uma vez me surpreendi ... a decoração de Natal do Shopping estava tão fofa .... Isto sem contar com um presépio enorme com todos os bonequinhos se mexendo.









Depois do Shopping, hora de voltar para o hotel, descansar um pouco e jantar.

O jantar foi em um restaurante típico de comida Nordestina ... e é claro ... eu “caí de boca” na carne de sol !!!! Meninas, que delícia de prato !!!!!! Era carne de sol com macaxeira(aimpim), banana a milanesa, queijo coalho e farofa de carne desfiada. Em potes separados vinha um baião de dois divino, uma arroz branco e mais um prato que não me lembro o nome. Para acompanhar ... Cajuína !! Uma bebida típica do local. É feito de caju, mas não é suco !! Maravilhoso !!! Cheguei a fazer contrabando ... (trouxe várias garrafas para Brasília).




O segundo dia foi dia de City Tour.

Passamos pelos seguintes lugares :

-> Floresta Fóssil - A área é um espaço ecológico de grande importância para pesquisadores de várias universidades brasileiras, devido a valiosas descobertas de afloramentos de troncos fossilizados - vegetais de gênero psarnius - datados de, aproximadamente, 250 milhões de anos. Foram catalogados, até o momento, 60 unidades de vegetais fossilizados. Os troncos fossilizados têm como originalidade a sua posição em vida, o único no Brasil. Nesses trechos também podem ser observados dois olhos-d´água subterrâneos que alimentam esse rio, mesmo durante o período seco.




-> Monumento Gregório - Em 1927, o adolescente Gregório foi levado à cidade de Barras, 119 km ao norte da capital, para trabalhar como motorista do único automóvel existente na região, que pertenceu a um comerciante e depois à paróquia. O padre da cidadezinha na época, Monsenhor Lindolfo Uchoa, preparava-se junto com autoridades locais para receber a visita do bispo diocesano de Teresina, D. Severino Vieira de Melo. O grupo rumou então para a capital a fim de conduzir o bispo até Barras. Na saída da cidade para a capital, o automóvel dirigido por Gregório, em um infeliz acidente, atropelou e matou o filho do tenente-delegado Florentino Cardoso. Recuperando-se ainda de uma doença, a criança não resistiu aos graves ferimentos do choque com o automóvel e sua morte causou comoção em toda a região.Conhecido por sua braveza, Florentino Cardoso manteve o jovem Gregório Preso durante três longos dias, sem comida nem água. Ao ter a certeza do falecimento do filho, o delegado trouxe o motorista acorrentado até Teresina, mas precisamente a margem do Rio Poty, na divisa entre os bairros Cabral e Porenquanto, e o executou com três tiros. Testemunhas afirmam que Gregório teria morrido clamando por água.É comum passar pelo memorial em forma de gota erigido em sua homenagem e ver dezenas de garrafas d´água, ex-votos dos que acreditam terem sido agraciados pela interseção divina do Finado Gregório.


Nova ponte sendo finalizada.


-> Palácio Karnak - Sede oficial do Governo da Província, o palácio tem fachada branca inspirada na arquitetura de um templo de mesmo nome, que existiu no Antigo Egito.


Passou a ser a sede do Governo em 1926, por ato de Matias Olímpio. Em reforma na década de 70, ganhou jardins projetados por Burle Marx.



Nesta época de Natal, o Palácio ganha um decoração especial !!


-> Igreja São Benedito - Construída em meados do século XIX, tem três de suas portas tombadas pelo Patrimônio Histórico. Fica a menos de 50 metros da sede do Governo do Estado.


-> Central de Artesanato Mestre Dezinho - Conjunto arquitetônico onde funcionou a Cadeia Pública de Teresina.

São 25 lojas que oferecem cultura em fibra, couro, madeira e etc., uma central de informações turística e escola de dança e música.




-> Teatro 4 de Setembro - São 100 anos de muita história e espetáculos. O Teatro 4 de Setembro conserva uma fachada com arquitetura de inspiração portuguesa e detalhes greco-romanos. Com 600 lugares, localiza-se na Praça Pedro II.



-> Igreja do Amparo e Marco da cidade - Teresina nasceu no local onde hoje se localiza a Igreja de Nossa Senhora do Amparo. O marco zero foi fincado, em 1850, pelo ilustre político Conselheiro Saraiva e ainda pode ser visto na entrada da igreja. Antes, a capital do Piauí foi Oeiras, na época conhecida como Vila da Mocha. Sob muitos protestos, o visionário Conselheiro Saraiva resolveu criar uma nova cidade para tornar-se capital. Foi assim que nasceu Teresina, cujo nome é uma homenagem à imperatriz Teresina Cristina. Este ponto definido e demarcado como o Marco Zero de Teresina representa para os teresinenses três significados especiais: religioso, pois consagrou a nascente povoação à fé cristã; delimitador, pois, a partir dele, definiram-se outros marcos que possibilitaram a formação do espaço físico da cidade na sua concepção original, posteriormente ampliado; e urbanístico, porque, a partir do Marco Zero, foi traçado o plano original de Teresina, com indicação de ruas, praças e avenidas.



-> Praça Marechal Teodoro - hoje chamada de Praça da Bandeira,foi o primeiro espaço físico da cidade de Teresina, em seu entorno foram se acomodando os prédios da nova administração e a vila da cidade.A Igreja do Amparo foi o marco da nova com início da construção em 1850.

O Museu, o Palácio da Cidade e Palácio da Justiça Federal completam, juntamente uma visita a Praça da Bandeira onde se encontra o marco inicial da cidade.


->  Feira do Troca-Troca - Localizado no cais do rio Parnaíba, de lá se avista a ponte metálica João Luís Ferreira e as lanchas que fazem a linha Teresina /Timon e se movimentam rio abaixo - rio arriba. É lá onde são mostradas a arte e a sabedoria do cidadão comum, e onde se pode comprar e trocar de tudo, de eletrodomésticos, passando por bicicletas, até joias e bujões de gás: "...olê, olá, quem quer trocar bicicleta por colar, olê, olá, só não troco Teresina por outro lugar...".





-> Ponte Metálica - Um dos símbolos máximos da cidade, a Ponte Metálica, que na verdade se chama Ponte João Luis Ferreira, é um belo cartão postal de Teresina, especialmente no pôr-do-sol, quando o Rio Parnaíba torna-se dourado e ganha um visual inesquecível. É esta ponte que, juntamente com a Ponte Nova e a Ponte da Amizade, liga o Piauí ao Maranhão.





-> Pólo Cerâmico Poty Velho - O bairro Poty Velho se transformou num centro comercial de produtos de artesanato.Em sua proximidade, fica o Pólo Cerâmico de Teresina, que está se transformando na menina dos olhos da capital do Piauí. O que antes não passava de fábricas de tijolos, telhas, potes e filtros de água, hoje oferece uma variedade incrível de modelos de vasos decorativos, esculturas e peças com design exclusivo e acabamento esmerado.



                                  

->  Parque Ambiental Encontro dos Rios -  é o ponto turístico mais visitado de Teresina. Inaugurado em 1996, está localizado na confluência dos Rios Poty e Parnaíba, no bairro Poty Velho, onde se situava a antiga Vila do Poty, povoação de pescadores do século XVIII que foi o embrião da nova Capital (primeira foto). As águas dos rios, como no famoso encontro dos Rios Negro e Solimões para a formação do Amazonas, não se misturam, preservando suas cores, efeito melhor observado do alto (segunda imagem). O parque é dotado de boa infra-estrutura para receber o turista, com um amplo mirante (terceira foto), um monumento à lenda urbana do Cabeça-de-Cuia, escultura do artista plástico Nonato Oliveira (quarta imagem) e um restaurante flutuante, que permite ao visitante saborear pratos típicos literalmente dentro do Rio Poty (quinta foto). Quiosques de bebidas, doces e artesanato e espaço para apresentações culturais completam o parque





Monumento Cabeça de Cuia

O monumento Cabeça de Cuia é um dos pontos turísticos mais visitados de Teresina. Localizado na avenida Boa Esperança, bairro Poti Velho, o monumento foi edificado no interior do Parque Ambiental Encontro dos Rios. De acordo com a lenda, a figura folclórica teria sido um pescador que viveu às margens do Rio Poti. Os antigos moradores da colônia de pescadores do rio contam que a história se passou há muitos anos, quando um jovem de nome Crispim, que há dias lançava a rede no Poti sem obter êxito, ao chegar em casa, não encontrou o que comer. Por conta disso, matou sua própria mãe com um osso de boi. Antes de morrer, a velha senhora ainda encontrou tempo de amaldiçoar o filho ingrato. Ela disse que a cabeça de Crispim iria crescer e ele iria viver vagando nas águas do rio até que consumisse 7 Marias virgens. Alguns pescadores dizem que Crispim é visto no leito do rio nas noites de lua cheia.

Cenas de um casamento ...

Meu cabelo

Nós prontinhos...

No saguão do hotel

Decoração


Com o noivo ...







Com os noivos ..

Bem meninas ... é isto ... tentei resumir ao máximo, pois esta época de final de ano é muito complicada e super corrida.

Beijinhos enormes e até amanhã !!!!!





7 comentários:

Dona Amanda disse...

Vcs são mto chiques! Conhecem o Brasil todo!
Adorei esse palácio, rs.

Maitê, de quem vc acha q eu comentei?
Deixa um depoimento no meu orkut que depois eu apago, rs.

Bjs!

Vivi e Fê disse...

Má não querendo ser chata, mas tô tão anciosa pra saber o que eu ganhei, queria saber quando que vc mandou meu presentinho ???

Tô tãaaaao anciosa, o presente da minha amiga ainda não chegou e tou tão triste com isso.

Se vc puder me ajuda que tô em cólicas pra saber quando chega.

Beijos !

Marta disse...

Tetê... que viagem gostosa.. e que prato era aquele? Menina. que delíiiicia!!!! Tinha que cair dentro mesmo..rsss
Estava linda no casório! Adorei o visu dama de vermelho!!!
Beijocass

Carol disse...

Nossa Tetê...eu amei tudo!!
Adoro seus relatos de viagem!! =D


Se eu não passar por aqui...um feliz Natal e um ano novo repleto de realizações! =D

Bjão

Vivi e Fê disse...

Vou ver se chega por esse dias.

Mas obg...


Um ótimo Natal pra vc e pra sua família.

Que o Ano de 2010 venha para abençoar a todos !!

Muitos beijos !

Será que sara disse...

Mait~eamiga especial q eu conquistei em 2009.
Obrigada por fazer parte do ano mais feliz da minha vida
obrigada por sua amizade
por sua torcida
pelo seu carinhos
por nos deliciar com posts MARAVILHOSO, cheio de imagens delugares lindos q vc passea que é tão longe da gente e vc traz pertinho sempre com tanto carinho


desejo um 2010 commais viagens rsrsr coisa bôa, mais comidinhas deliciosas, mais amor,mais saúde, td td td de bom p vc

obrigada por ser uma amiga tão sincera e tão amiga, espero pdoersempre retribuir td essa felicidade q sua amizade me proporciona

mil beijos e ÓTIMAS FESTAS....

UM 2010 NOTA 10 P TDS NÓS!!!

Bjos da fofolete anita

Nathália Borges disse...

Qnt cultura hein amiga!!!
Viu.. Teresina tb manda bem!! ;)

E vc.. sempre com esse sorrisão lindo e simpático..
Ficou um must no casamento.. Estavam liiindos!! E que decoração deliciosa neh!?!?

Aconchegante...

beijO amiga!!!